DEIXAR IR COM O CÔNJUGE FORA DE CASA


DEIXAR IR COM O CÔNJUGE FORA DE CASA


Deixar ir = deixar essa situação nas mãos do Senhor.
- Não se humilhe
- Não peça para não ir
- Não tente mostrar o que ele tem a perder
- Aceite a partida dele
- Deus move as circunstâncias para fazer cessar qualquer situação.
- Quem fica sabe a dor, a saudade que sente nesse deserto.
- Quem sai não quer ser criticado não quer receber conselhos,  quer viver segundo suas próprias decisões.
- Não procure notícias nem aceite que outras pessoas lhe tragam notícias.
- Não se preocupe com quem foi, se preocupe com quem ficou.
- Deixe o seu cônjuge seguir seu caminho.
- Nunca mande ninguém embora mas não impeça se quiser ir.
- Precisamos trabalhar com o que temos.
- Não importa o que o cônjuge fez ou com quem está.
- Importa que o cônjuge não está mais com você, mas DEUS está com você.
-Você tem seus filhos, sua família, amigos, 
- Cuide de quem ficou, quem foi DEUS cuida.
- Deixa o cônjuge sentir sua falta. Não sufoque, não pressione o cônjuge que foi.
- Deixe ele se frustrar. (versículo 17 do capitulo 15 de Lucas – CAINDO EM SI) Uma hora ele vai lembrar do que deixou.


Coisas ditas por quem repudiou, quem saiu:

- Eu não vou voltar
- Não adianta orar
- Juro que não volto nem que você esteja pintada de ouro.
- Eu não te amo mais.
- Eu mereço ser feliz.
- Segue a sua vida.
- Se eu não quero Deus não muda por cauda do livre arbítrio.

- Eles sentem a falta de quem ficou SIM, mas ainda tem as vendas....estão iludidos.... confusos...enganados.
- Quando as vendas caírem o arrependimento vem.

- QUEM VAI EMBORA É O MESMO QUE VOLTA PARA CORRIGIR O ERRO.

- Você não precisa ajudar a DEUS, nem aguardar sinais, não se movimente, descanse! Deus está agindo.
- Quem ficou não deve ter ódio nem mágoa.

Os três tipos de deixar ir

- Deixar ir Físico: Deixar que vá e tome as decisões que quiser.
- Deixar ir Emocional: Não murmure, se livre dos sentimentos de derrota e injustiça.
- Deixar ir Espiritual: Entregar a causa totalmente nas mãos de DEUS.
- Deus trata a mágoa, o repúdio, as atitudes de quem foi repudiado.
- Não questione se DEUS está tratando com seu cônjuge. Deus sabe a hora de agir.
- Precisamos seguir com nossa vida, no temor do Senhor.
- Não olhe para as circunstâncias, elas minam a sua fé.



ANSIEDADE

Quando exercitamos a fé (enxergar com seus olhos físicos o que já existe no mundo espiritual) 
Crer que vai acontecer na nossa vida. 
Esse exercício cria alguns hormônios, e o nosso organismo vai diminuindo essas questões emocionais dentro de nós e vamos controlando a ansiedade.
Precisamos desenvolver essa fé racional.

Espero ter ajudado, mas todos devemos colocar em prática, em nome de Jesus

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.